Jogadores elogiam reta final do Galo e não escondem torcida por rival na Sul-Americana

Foto: Cristiane Mattos/Futura Press/Estadão Conteúdo
Patrocinado - Anuncie aqui

Por Redação , 03/12/2017 às 20:03

 

Numa dessas ironias que o futebol costuma proporcionar, o Atlético terá que torcer pelo título do Flamengo – maior rival do clube depois do Cruzeiro – na Copa Sul-Americana para chegar à Copa Libertadores da América pela sexta vez consecutiva.

Patrocinado - Anuncie aqui

Com a sofrida vitória deste domingo sobre o Grêmio, por 4 a 3, no Independência, o Galo fechou sua participação no Campeonato Brasileiro na nona colocação. Com isso, precisa agora que o Flamengo fature a taça sobre o Independiente-ARG para carimbar sua vaga.

“O Flamengo tem muitas chances de ser campeão, vai decidir em casa. Mas valeu a pena, fizemos a nossa parte e agora é torcer para o Flamengo levar essa Sul-Americana para a gente pegar nossa vaga na Libertadores”, disse o zagueiro Gabriel.

Já o goleiro Victor acredita que uma eventual classificação à Libertadores seria um prêmio pela trajetória do Atlético em parte do segundo turno. “Fizemos nossa parte. Se Deus resolver abrir essa porta para a gente, vamos comemorar bastante. Acho que seria um prêmio pela campanha de recuperação que tivemos no segundo turno”.

Grande nome do Galo na reta final do Brasileiro, Otero brilhou mais uma vez, com dois lindos gols de falta. O venezuelano não escondeu a satisfação pelo ótimo momento vivido com a camisa alvinegra e atribuiu o ‘pé calibrado’ aos treinos. “Como eu falei na semana passada, é treinamento mesmo. Treinei, —–treinei, treinei e graças a Deus hoje pude conseguir os gols”, destacou.

Patrocinado - Anuncie aqui

Deixe uma resposta